InícioCULTURAReservatório de incêndio é construído na área externa do Teatro Nacional

Confira

Destaque

Reservatório de incêndio é construído na área externa do Teatro Nacional

Por Rafael Secunho

Além de todas as intervenções na estrutura interna do Teatro Nacional, o icônico espaço da cultura local tem obras também do lado de fora. Em uma das laterais da casa de espetáculos, está sendo construído um reservatório de incêndio. Trata-se de uma estrutura de 202 mque está sendo concretada esta semana pelos operários e será capaz de atender a todo o teatro.

Iniciadas em janeiro, as obras na Sala Martins Pena estão avançando. O valor do investimento nesta primeira etapa é de cerca de R$ 49 milhões e a reforma é executada por uma empresa contratada pela Novacap. No momento, outros serviços, como a restauração do piso do palco, o tratamento das armações expostas e a escavação da sala do gerador, também estão em execução (veja a lista abaixo).

“No ambiente externo, teremos esse reservatório com água em seu interior, que já está bem adiantada a construção. É um mecanismo anti-incêndio”, revela a fiscal da obra pela Novacap, Uyara Mendes. “E também estamos trabalhando na escavação do espaço que vai abrigar dois geradores de energia para atender a Sala Martins Pena”, diz.

Segundo a fiscal da obra pela Novacap, Uyara Mendes, os próximos passos da reforma incluem o revestimento de piso, parede e teto dos camarins e das salas de apoio

Entre as novidades do projeto, está o aumento da capacidade de público na Martins Pena, ampliada de 407 para 497 lugares. A arquibancada que abriga as poltronas e as escadas para o público acessá-las também estão sendo concretadas. Outros locais onde as mudanças já são visíveis são nos corredores de entrada da sala de espetáculos, assim como no foyer do teatro, que ganhará um forro novo.

Segundo a engenheira civil, os próximos passos incluem o revestimento de piso, parede e teto dos camarins e das salas de apoio. “E vamos investir também nas instalações elétricas, hidráulicas e na parte de ar condicionado”, avisa Uyara.

Na Sala Martins Pena, a arquibancada que abriga as poltronas e as escadas para o público acessá-las estão sendo concretadas: capacidade de público será ampliada de 407 para 497 lugares.

Mais segurança e acessibilidade

Para o secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues, há a preocupação de que o novo teatro traga total segurança e conforto aos espectadores. “As obras caminham dentro do cronograma estabelecido e dentro daquilo que estabelece a legislação para garantir a acessibilidade e segurança ao público que vai ocupar, brevemente, o espaço”, diz.

“A gente pede desculpa à população por conta dos transtornos da obra. Mas com a esperança de que tudo volte ao normal para que esse ícone da cultura nacional volte a brilhar”, finaliza Rodrigues.

Segundo a fiscal da obra pela Novacap, Uyara Mendes, os próximos passos da reforma incluem o revestimento de piso, parede e teto dos camarins e das salas de apoio

Serviços em execução na Sala Martins Pena*

  • ‌Restauração do piso do palco
  • Tratamento das armações expostas
  • Concretagem do fundo do reservatório de incêndio
  • Fabricação das formas do reservatório de incêndio
  • Escavação da sala do gerador de energia
  • Montagem dos dutos do ar-condicionado
  • Fixação de suportes para tubulações de SPK (sistema de proteção contra incêndio por chuveiros automáticos)
  • Início da passagem das tubulações

 

Tá bombando...