InícioCULTURAVeja como decorar a casa e locais públicos para as festas juninas...

Confira

Destaque

Veja como decorar a casa e locais públicos para as festas juninas com segurança

O colorido das bandeirinhas dos festejos juninos pinta o céu de Brasília. Para que essa beleza não seja apagada por nenhum incidente, é preciso tomar cuidado no momento da montagem da decoração em residências, condomínios, ruas e avenidas. Para que ninguém deixe de festejar o período, a Neoenergia montou um guia com orientações de segurança para quem for montar estruturas decorativas no Distrito Federal.

“Seguindo essas dicas, o sucesso das festas juninas é garantido. Populares e organizadores de grandes eventos devem ficar atentos aos riscos que envolvem a montagem de estruturas decorativas próximas à rede de energia elétrica”, alerta Rosy Menezes, gerente de Saúde e Segurança da Neoenergia. “Todos devem contribuir para que a segurança seja sempre colocada em primeiro lugar”, finaliza a executiva

Áreas externas

Tenha o cuidado com a decoração. Enfeites de ruas e praças com as típicas bandeirolas, faixas e outros adereços devem ser produzidos com materiais não condutores de eletricidade e não podem ser fixados próximos da fiação elétrica. Jamais devem ser amarrados aos postes da distribuidora ou mesmo aos fios condutores de eletricidade.

Tenha atenção redobrada com a montagem e fixação dos chamados “cordões de luzes” que enfeitam as ruas nesta época do ano. Eles só devem ser feitos com material que não ofereça risco de choque elétrico, além de uma distância de pelos menos 2,5 metros da rede elétrica.

Em muitos lugares, acender fogueiras e soltar fogos que produzam efeito sonoro estão proibidos. Por isso, é importante se informar com a sua Região Administrativa (RA) antes planejar as comemorações.

Sempre mantenha distância da rede elétrica e, caso vá soltar fogos de artifício, nunca faça isso em direção aos postes e condutores de energia. Os artefatos só devem ser manuseados por adultos e utilizados em locais distantes da fiação, afastados também de bandeirinhas de papel e de outros materiais inflamáveis.

No caso das fogueiras, elas só devem ser acesas distante de postes, uma vez que o calor das chamas pode superaquecer a rede e provocar o rompimento da fiação.

Em caso de fio partido, não se aproxime e telefone imediatamente para a Neoenergia Brasília (116).

Não solte balões. Além de ser crime, trata-se de uma brincadeira de alto risco, especialmente se o balão entrar em contato com um fio energizado ou cair dentro de uma subestação. Nesse último caso, pode haver risco de explosões.

Não faça ligações clandestinas de energia, também chamadas de “gato” para iluminar barraquinhas que comercializam comidas típicas e fogos de artifício. Além de sobrecarregar o sistema, elas representam risco de curto-circuito, acidentes graves e é crime previsto no Código Penal Brasileiro.

Dentro das residências

Ao decorar a casa com algum enfeite junino que use energia elétrica, evite extensões e benjamins (o popular “T”). O mais seguro são os “filtros de linha”.

Respeite os pontos de contato com a energia. Bocais de lâmpadas, por exemplo, não devem ser utilizados como suporte para pendurar enfeites juninos pois, além de choques, essa prática pode provocar incêndios.

Nunca manuseie aparelhos de som, freezers ou geladeiras com o corpo molhado.

Em caso de choque, desligue imediatamente o disjuntor da residência e só depois preste socorro. Se necessário, ligue para o SAMU (192), Corpo de Bombeiros (193) e Neoenergia Brasília (116).

Tá bombando...